Portal Promutuca

Twitter Flickr YouTube Google Facebook

Esquecimento global

Por Gisele Kimura

Aquecimento global já não é mais novidade para ninguém. Não vou chover no molhado (se bem que ultimamente nem chove mais, só cai dilúvio). Todo mundo sabe que o clima está mudando e que somos muito responsáveis por isto. Apenas tomo a liberdade de pensar alto e compartilhar algumas refl exões pessoais.

Acabo de ver na internet que os EUA sozinhos são responsáveis por cerca de 36% da emissão de gases de efeito estufa no mundo, liderando as emissões tanto em termos absolutos como per capita.

Resistirei bravamente à  tentação de amaldiçoar George Bush. Já é página virada, apesar de ainda termos de arcar com suas desastrosas ações por décadas. Fico imaginando como é que o presidente de um país consegue dormir à  noite sabendo que é responsável por 1/3 de um problema global, com consequências de todos os tipos, para todos os povos, e não faz nada a respeito. Um dos maiores casos de Esquecimento Global já vistos na humanidade, em todos os sentidos. Esqueceu dos Direitos Humanos, do meio ambiente, da economia, da ética, do resto do mundo. Quando assisti ao documentário doAl Gore Uma Verdade Inconveniente fi quei arrasada, com o maior peso na consciência por ainda ser tão dependente do meu carro. E ainda fico por não conseguir me locomover de bicicleta ou usar mais o transporte público. Será que estou exagerando?

Quando penso na minha pequenez no mundo, à s vezes relevo meus pequenos delitos ambientais, mas sempre fi ca um incômodo lá no fundo: não estou fazendo a minha parte. Sei que numericamente minha contribuição pode ser muito pouca, desprezível até. Mas não consigo esquecer que divido a mesma casa com 6 bilhões de pessoas. Então, enquanto eu não for presidente dos EUA, vou continuar evitando descartáveis, reciclando meu lixo, usando minha sacola de lona, usando energia e água da melhor forma como posso. Ainda não consegui me libertar do carro, mas tenho o maior orgulho do meu marido, qu frequentemente vai de bicicleta à  cidade (e olha que temos muitos morros em nosso percurso).

Faço isso porque acredito que nossas ações tenham consequências, e que se mudarmos nossos maus hábitos aos poucos vamos contribuir para o reestabelecimento de um equilíbrio ambiental. Existem vários exemplos disso, um deles é o sucesso na reversão do buraco de ozônio na atmosfera, fruto da intervenção pró-ativa e cooperativa entre os vários países.

Obama prometeu que vai tornar os EUA o líder mundial no debate ambiental. Que ele se lembre de cumprir suas promessas, não se tornando mais um caso de Esquecimento Global, e que faça ecoar pelo mundo um novo paradigma de vida, buscando fazer as pazes com o planeta

Jornal do Belvedere nº68 - Coluna da Promutuca - Página 2

Mais Artigos