Portal Promutuca

Twitter Flickr YouTube Google Facebook

Animais da fauna silvestre são vistos com

frequência na região

A presença de animais de médio e grande portes, como onça parda, jaguatirica e lobo, é verificada há bastante tempo pelos moradores dos condomínios do vale do Mutuca. Recentemente, um grupo de onças circulou pelas proximidades da entrada do Condomínio Estância Serrana e um lobo foi filmado por um morador, em junho último. “A expansão da malha urbana para o Vetor Sul suscita o avistamento desses animais e justifica a criação de um corredor ecológico para protegê-los”, salienta Junio Augusto dos Santos Silva, responsável pelo Núcleo de Fauna Silvestre do Ibama de Minas Gerais.

A Promutuca comunicou o avistamento recente desses animais ao Ibama, que ficou de instalar armadilhas fotográficas para confirmar a presença deles. Elas são dotadas de sensores que fotografam e filmam os animais que passam nas suas proximidades. Segundo Junio, esses registros são importantes para o controle da fauna silvestre e servem também como documentos para serem anexados em processos como o que está sendo elaborado com o apoio da Promutuca, para se criar o corredor ecológico unindo as bacias dos rios Paraopeba e Velhas.

São necessários alguns cuidados ao se avistar esses animais. No caso da onça parda, Junio ensina que o ideal é fazer bastante barulho para que o animal ache que a pessoa é maior do que ela. Nunca se deve tentar aproximar-se deles nem lhe dar as costas. Caso o animal esteja nas proximidades de casa, como ocorreu com uma jaguatirica que, em 2008, invadiu o galinheiro de uma residência no Condomínio Serra Del Rey, deve-se chamar a Polícia Militar Ambiental ou os bombeiros para efetuar a captura. “Isso evita acidentes e preserva a saúde desses animais”, salienta o técnico do Ibama.


 

DIVULGUE